25 de Setembro de 2020
ASSESSORIA JURÍDICA EMPRESARIAL
DIREITO BANCÁRIO EMPRESARIAL
SOLUÇÕES PARA ENDIVIDAMENTO BANCÁRIO
SUA EMPRESA PRECISA CONHECER A NOSSA
OAB/MG 6090

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,57 5,57
EURO 6,50 6,50

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .

Notícias

Boletim Informativo

Cadastre seu Email para receber Atualizações jurídicas

Previsão do tempo

Hoje - Governador Vala...

Máx
31ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

Sábado - Governador V...

Máx
32ºC
Min
19ºC
Parcialmente Nublado

Domingo - Governador V...

Máx
36ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Segunda-feira - Govern...

Máx
38ºC
Min
21ºC
Predomínio de

05/08/2020 - 16h43Corregedor-geral preside primeira reunião da Ceja de sua gestãoSeis processos foram analisados por meio de videoconferência

  O corregedor-geral Agostinho Gomes de Azevedo presidiu a reunião virtual da Ceja, em que seis processos de adoção foram analisados O corregedor-geral de Justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo, presidiu hoje a primeira reunião da Comissão Estadual Judicial de Adoção (Ceja) de sua gestão. A reunião foi feita por videoconferência. O desembargador comunicou aos demais membros da comissão a satisfação de estar presente pela primeira vez em uma sessão plenária da Ceja e de trabalhar com todos os integrantes – magistrados e servidores. Enfatizou que pretende que esta seja uma gestão democrática e participativa. Foram analisados pela comissão quatro requerimentos de habilitação, sendo três oriundos dos Estados Unidos e um da França. Os processos foram relatados pela juíza Aldina de Carvalho Soares e os desembargadores Valéria Rodrigues Queiroz, Vítor Inácio Peixoto Parreiras Henriques e Carlos Henrique Perpétuo Braga. Em todos eles, houve consenso da comissão em votar com os relatores, habilitando os pretendentes – três casais e um homem solteiro – que preencheram todos os requisitos legais e socioeconômicos, além de obterem o parecer favorável da equipe técnica da Ceja. Pedido de vistas A comissão avaliou ainda um processo de indicação para adoção de uma menina de seis anos de idade, oriundo da Comarca de Teófilo Otoni. Quatro casais, sendo três da Itália e um da Espanha se candidataram à adoção da criança. No entanto, segundo o juz relator, Afrânio Fonseca José Nardi, a menina pertence a um grupo familiar composto também por uma adolescente de 16 anos, com quem mantém forte vínculo.  Por essa razão, seguindo ainda análise técnica das equipes de Teófilo Otoni e da Ceja, ele votou pelo indeferimento de todos. O consenso foi de buscar uma alternativa, preferencialmente em território nacional, de maneira a contemplar a adoção de ambas ou uma adoção que permita a manutenção do convívio entre elas.  O desembargador Carlos Henrique Perpétuo Braga, manifestou sua preocupação em inviabilizar a adoção de criança de seis anos e pediu vistas ao processo, que deverá ser analisado pela comissão em uma próxima sessão. Pós-adoção Por último, foi relatado pela desembargadora Valéria Rodrigues um processo de pós-adoção, já em fase final, com quatro relatórios favoráveis e conclusão de situação jurídica e socioafetiva da criança já consolidadas no convívio com os pais adotivos na Itália. A comissão votou pela finalização e arquivamento do processo. A próxima sessão plenária da Ceja será realizada no dia 19 de agosto e, de acordo com o presidente da comissão, corregedor Agostinho Gomes de Azevedo, deverá ocorrer também por meio virtual.  
05/08/2020 (00:00)

Endereço

SEDE

Avenida Itália  241  1º Andar
-  Gra Duquesa
 -  Governador Valadares / MG
-  CEP: 35057-380
+55 (33) 3340 0340
Visitas no site:  1978116
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.